O que é Broncomalácea?

A broncomalácia é uma enfermidade das vias aéreas caracterizada por um enfraquecimento da parede dos brônquios e vias aéreas menores suportadas por cartilagem. Esta cartilagem torna-se menos rígida devido a um amolecimento dos anéis cartilaginosos presentes na parede da traquéia e brônquios podendo estar acompanhada ou não da destruição das fibras elásticas da membrana dorsal da traquéia, resultando em uma predisposição das vias aéreas em colapsar, acarretando sinais como tosse, dispnéia, intolerância ao exercício e ofegância independente do nível de atividade, podendo apresentar-se de forma aguda ou crônica (ADAMAMA-MORAITOU et.al., 2012). 

Em humanos a broncomalácia pode ocorrer de forma congênita ou adquirida. Em cães, a etiologia é desconhecida, mas também pode estar associada a uma alteração congênita das cartilagens ou pode ser uma síndrome adquirida e secundária a bronquite crônica, cardiopatias ou obesidade (MAJID et.al., 2010; SINGH et.al., 2012; ADAMAMA-MORAITOU et.al., 2012).

Não há predisposição etária e sexual, mas as raças mais predispostas são o bulldog inglês, bulldog francês, pug, poodle e yorkshire. A incidência de broncomalácia é maior em cães com síndrome do braquicefálico e em cães com colapso de traquéia, sendo estimada em 87,5% e 45,8% dos casos, respectivamente (DE LORENZINI, et.al., 2009; MORITZ, et.al., 2004).

As alterações histopatológicas incluem hipocelularidade das cartilagens, perda de cartilagem hialina, que é substituído por tecido fibroso ou fibrocartilagem, deficiência de sulfato de condroitina, cálcio e glucosaminoglicanos, bem como condrócitos danificadas entre as áreas de tecido cartilaginoso, sugerindo infecção ou inflamação como possíveis fatores desencadeadores da broncomalácia (ADAMAMA-MORAITOU,2012).

A radiografia cervical e torácica é um método diagnóstico auxiliar, podendo identificar em radiografias seriadas a diminuição do lúmen bronquial ou traqueal.Entretanto, é mais utilizada como um teste de triagem, uma vez que sua acurácia não é muito elevada, podendo subdiagnosticar casos de colapso traqueal ou bronquial ou até mesmo subestimar o grau de colapso. O diagnóstico definitivo exige a realização de broncoscopia com identificação visual de redução do lúmen bronquiolar superior a 25% (SUNG JUN-NOH et.al.,2012; BOTTERO et.al.,2013; FERIAN et.al., 2014).

Informações sobre o manejo terapêutico desses casos são escassas na literatura veterinária, havendo apenas dois relatos de casos clínicos com terapia baseada em glicocorticóide e aminofilina com sucesso terapêutico (FERIAN et.al., 2014).

A broncomalácia é uma enfermidade que deve ser considerada no diagnóstico diferencial da tosse crônica em cães, principalmente quando o animal não responde aos tratamentos convencionais ou quando os exames de imagem mostram-se inalterados. Para o diagnóstico definitivo, a broncoscopia e biópsia devem ser realizadas. 

Em função da escassez de informações referentes a essa doença, torna-se necessário estudos sobre sua etiopatogenia e terapia de suporte.

 

Escrito por: 

M.V. Elidia Zotelli (Clínica Médica)

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Anhembi Morumbi;

Graduada em Zootecnia Pela Universidade São Marcos;

Residente na área de Clínica Médica de Pequenos Animais pela Universidade de Santo Amaro;

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ADAMAMA-MORAITOU K. K.Tracheobronchomalacia: Does it Share the Same Aetiology in Men and Dogs?.J Pulmonar Respirat Med, Vol. 2, 2012.

ADAMAMA-MORAITOU, K. K.; PARDALI, D.; DAY, J. M.; PRASSINOS, N. N.; KRITSEPI-KONSTANTINOU, M.; PATSIKAS, N. M.; RALLIS, S. T. Canine bronchomalacia: A clinicopathological study of 18 cases diagnosed by endoscopy. The Veterinary Journal, Vol. 191, p. 261-266, 2012.

BOTTERO, E.; BELLINO, C.; DE LORENZI, D.; RUGGIERO, P.; TARDUCCI, A.; D'ANGELO A.; GIANELLA, P. Clinical Evaluation and Endoscopic Classification of Bronchomalacia in Dogs. J Vet Intern Med, Vol. 27, p. 840-846, 2013.

FERIAN, E. P., CARNEIRO, A. R. Broncomalácia em cães - relato de dois casos. Clin vet, Vol. 108, p. 52-53, 2014.

JOHNSON, R. L.; POLLARD, E. R. Tracheal Collapse and Bronchomalacia in Dogs: 58 Cases. J Vet Intern Med, Vol. 24, p. 298-305, 2010.

LORENZI, D.;BERTONCELLO, D.; DRIGO, M. Bronchial abnormalities found in a consecutive series of 40 brachycephalic dogs.J Am Vet Med Assoc, Vol. 235, p. 835-840, 2009.

MAJID, A.;  FERNÁNDEZL.; FERNÁNDEZ-BUSSY,S.;  HERTH, F.; ERNST,A. Traqueobroncomalacia. Arch Bronconeumol, Vol. 46, p. 196-202, 2010.

NOH, S.; CHO, K.; KANG, J.; CHANG, J.; CHANG, D.; NA, K.; YANG, M. Endoscopic Diagnosis of Bronchomalacia in a Pointer Dog. Korea Society of Veterinary Clinics, Vol. 29, 78-81,2012. 

SINGH K. M.; JOHNSON R. L.; KITTLESON, D. M.;  POLLARD, E. R. Bronchomalacia in Dogs with Myxomatous Mitral Valve Degeneration. J Vet Intern Med, Vol. 26, p. 312-319, 2012.

 

 

 

 

 

 


Categoria: Artigos

Publicado em: