Aprenda a transportar seu animal com toda segurança.

 

Pouca gente sabe, mas de acordo com o artigo 252 do Código de Trânsito Brasileiro é infração grave dirigir o veículo transportando pessoas, animais, volume à sua esquerda, entre os braços, pernas ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados. Nada de ir na janela ou de carona no banco.  Além de somar quatro pontos à Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o condutor arca com multa de R$ 85,13, para transporte em caçambas a multa é equivalente a R$ 127,69 mais cinco pontos na carteira e poderá ter o carro retido como medida administrativa até que a situação seja regularizada.

Os animais são imprevisíveis, podem pular do carro caso a janela esteja aberta, atrapalhar o motorista ou no caso dos gatos que se agitam com mais facilidade e entram em baixo dos bancos. Se o animal estiver solto dentro do carro, numa situação de parada emergencial, pode ser lançado para fora do veículo, sofrer fraturas e cortes com o impacto, em casos mais graves até mesmo vir a óbito. As medidas são para a sua segurança e dos próprios bichinhos, e a equipe do CVB ira te dar dicas de como transportar o seu animal com segurança e tranquilidade.

Na indústria pet, o equipamento mais básico e barato é o cinto de segurança, que deve ser preso à coleira ou de preferência ao peitoral (acessório mais seguro nos casos de acidentes) e fixado no próprio encaixe da fivela do cinto.

Há outros acessórios que também podem auxiliar na segurança do pet na hora do transporte. As opções variam entre caixas (ideais para gatos) e até bolsas protetoras que se parecem com cadeirinhas de bebê que são ajustadas à altura do vidro, permite que os pets fiquem mais à vontade e continuem seguros. As duas opções precisam de fixação ao cinto de segurança do carro. Na hora da compra, vale levar em consideração o tamanho do animal de estimação. Pássaros, hamsters ou peixes devem ser levados em gaiolas ou aquários e para diminuir o estresse é importante as mesmas sejam cobertas.

Em viagens longas para evitar náusea não alimente os bichinhos até 3 horas antes. Você pode dar um pouco de comida durante a viagem, na dúvida ou em casos onde o animal apresenta esse sintoma com frequência, existem medicações veterinárias próprias para essas situações, consulte o médico veterinário do seu animal para verificar qual a melhor opção para o seu bichinho.

 

Legislação:

Art. 235. Conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados:

Infração - grave; (5 pontos na CNH)

Penalidade - multa; (R$ 127,69)

Medida administrativa - retenção do veículo para transbordo.

Art. 252. Dirigir o veículo:

II - transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas;

Infração - média; (4 pontos na CNH)

Penalidade - multa; (R$ 85,13)

 

Redigido por:

Geovana Rezende (Auxiliar Veterinária)

Graduanda em Medicina Veterinária pela Faculade Metropolitanas Unidas;

Auxiliar Veterinária no Centro Veterinário Butantã.

 


Categoria: Artigos

Publicado em: