Castração em cães e gatos.

Você sabe tudo sobre Castração em cães e gatos? Neste artigo explicamos para você.
Artigo Castração em cães e gatos Hospital Veterinário Butantã

Escrito por

Arthur Alonso

Porque você deve castrar seu cão e seu gato de estimação?

Existem alguns mitos com relação a castração em cães e gatos que circulam o imaginário das pessoas e a principal delas é a de que essa prática pode influenciar na qualidade de vida dos animais de forma negativa.

Por exemplo, dizer que que a fêmea tem que ter ao menos uma ninhada para viver saudável, o que não é verdade, ou que todos os animais castrados ficam obesos, o que também de fato, não acontece. De maneira geral, quanto mais cedo castrar o animal melhor, pois funciona como um método de prevenção para diversas enfermidades, como por exemplo, tumor de mama. E os benefícios não param por aí, os machos não castrados podem desenvolver tumores de testículos além de outros tumores que sofrem influência hormonal. Além disso, os machos castrados têm menos chance de apresentarem tomor de próstata com o avanço da idade.

Existem algumas medicações injetáveis, as popularmente chamadas de “vacinas anti-cio”, que supostamente evitam que cadelas e gatas ovulem e emprenhem, porém, essas aplicações desencadeiam inúmeros processos biológicos que aumentam a probabilidade de o paciente desenvolver processos como a piômetra que podem predispor o animal ao desenvolvimento de septicemia, que podem causar efeitos colaterais graves e, muitas vezes, irreversíveis podendo evoluir a óbito.  É um método muito perigoso para saúde do animal, não deve ser realizado em nenhuma hipótese, mas infelizmente ainda é muito comum seu uso.

A falta de informações corretas sobre os benefícios da castração em cães e gatos, faz com que o número de tutores que procuram esse procedimento ainda seja baixo, e justamente por isso, vamos falar sobre quais são seus principais e reais benefícios.

A castração além de ser o método mais seguro e eficaz de controle populacional, ainda ajuda a prevenir diversas doenças nos cães e gatos.

O momento ideal de fazer a castração pode variar de acordo com a conduta do profissional, porém, quando de maneira precoce, comum em animais para doação, pode ser feita a partir de 90 dias de idade nos cães e gatos, mas de maneira geral, as opiniões do momento mais assertivo para castrar podem variar, sendo após o primeiro cio e antes do segundo, o momento que avalia ser ideal o maior número de profissionais.

E é importante ressaltar que a cirurgia, desde que seja feita por profissionais que façam uma excelente avaliação do estado geral do paciente, que contemple além de avaliação física, a laboratorial e de imagem, pode ser indicada em animais de idade mais avançada.

Os benefícios da castração mais evidentes são:

  • Prevenção de inúmeras doenças como por exemplo piometra e tumor de mama;
  • Evitar procriação e crias indesejadas;
  • Comportamento mais dócil;
  • Evita gravidez psicológica;
  • Diminui risco de fugas;
  • Aumenta expectativa de vida;
  • Menor variação de imunidade por alteração no ciclo estral.


Antes da realização do processo cirúrgico o animal passa por exames pré-operatórios para verificar sua sanidade, afim de garantir a segurança do procedimento. O pós-operatório pode exigir cuidados como o uso de roupa cirúrgica e/ou colar protetor para não ter acesso aos pontos que costumam ser retirados em 7 a 10 dias após a castração. Em casa, o tutor deve seguir as recomendações do médico veterinário, cumprindo corretamente os horários das medicações.

Por isso, se seu cão ou gato de estimação ainda não é castrado, independente da idade dele, procure orientação de um médico veterinário para verificar a possibilidade de realização da castração, aumentando assim a expectativa e a qualidade de vida do seu Pet.

Arthur Alonso

compartilhe esta publicação!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email