Raiva Canina

Você já ouviu falar de Raiva Canina? Neste artigo explicamos tudo para você.
Artigo Raiva Canina Hospital Veterinário Butantã

Escrito por

Centro Veterinário Butantã

Você já ouviu falar em Raiva?

É comum ouvirmos falar sobre campanhas de prevenção da raiva em cães e gatos no Brasil e no mundo, mas você sabe porque esse movimento é tão importante? São mais de 59.000 mortes por ano, aproximadamente uma morte a cada 10 minutos.
É uma doença fatal que acomete qualquer mamífero, classificada como uma doença infecciosa viral aguda, a raiva é causada pelo vírus do gênero Lyssavirus, da família Rhabdoviridae, curiosamente os morcegos hematófagos e não hematófagos são hospedeiros reservatórios primários ou únicos para todos os tipos de Lyssavirus, os morcegos podem conter o vírus por longo período, e não apresentarem sintomas.

A doença gera uma inflamação fatal no cérebro (encefalite) do infectado, seja em animais ou em humanos, que ocorre de forma progressiva e súbita.

Como posso me infectar?

A raiva é transmitida ao homem pela saliva de animais infectados, principalmente por meio de mordidas, podendo ser transmitida também pela arranhadura e também pela lambedura dos animais infectados.

O período de incubação é bastante variável entre as espécies, podendo ser de dias até anos, mas há média em seres humanos é de 30 a 60 dias se estendendo até 06 meses, podendo ser mais curto esse período em crianças. A incubação do vírus depende principalmente da localização, extensão e profundidade da mordedura, arranhadura,
lambedura, e também da proximidade com o cérebro, quanto mais próximo do órgão pior.

Nos cães e gatos, a eliminação de vírus pela saliva ocorre de 2 a 5 dias, mesmo antes do aparecimento dos sinais clínicos A morte do animal acontece, em média, entre 5 e 7 dias após a apresentação dos sintomas.

Sobre os sintomas da doença: semelhantes em cães e gatos

Os animais apresentam mudança de comportamento, escondem-se em locais escuros ou mostram uma agitação inusitada, muita excitação, agressividade, fotofobia, salivação
excessiva, paralisia, convulsões generalizadas entre outros sintomas.
Em humanos podem ocorrer diversos sintomas, que podem durar de 2 a 10 dias: falta de apetite, febre, dor de cabeça, náuseas, dor de garganta, irritação, angústia, alterações de comportamento entre outros sintomas mais graves até convulsões.

compartilhe esta publicação!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email